Tubulação residencial também deve ser revista

Apecs sugere revisão do sistema residencial para economizar água
O envelhecimento da tubulação da rede de distribuição de água é um dos fatores para o aumento das perdas. Levantamento da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) aponta que 51% do sistema de bairros de quatro regiões da capital estão com mais de 30 anos de uso.


“O problema não é exclusivo da rede de abastecimento pública. As residências mais velhas também podem apresentar problemas similares”, alerta Luiz Roberto Gravina Pladevall, presidente da Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente. Segundo ele, uma parcela das casas ainda utiliza encanamento com canos de ferro, o que aumenta as possibilidades de perdas. Com a possibilidade de pagar multa por consumo acima da média, ele ressalta que é essencial fazer a revisão hidráulica da residência.

“Estamos em um momento de redução do consumo e toda a economia pode fazer uma grande diferença na conta de água no final do mês. Fazer a adequada manutenção pode reduzir em até 30% o consumo de água nas residências”, avalia.

Confira outras dicas para economizar água:
- Evite deixar torneiras pingando ou abertas e mangueiras esguichando. Estima-se que uma torneira mal fechada gasta a seguinte quantidade de água:
- Gotejamento lento: 300 litros de água por mês;
- Gotejamento rápido: 900 litros de água por mês;
- Conserte vazamentos o quanto antes verificando sempre os encanamentos, boia do reservatório e pontos de consumo, como torneiras e válvulas de descarga;
- No banheiro, feche a torneira enquanto escovar os dentes ou fazer a barba. Não tome banhos demorados, feche o registro ao ensaboar-se;
- Faça manutenção periódica das válvulas de descarga. Este dispositivo mal regulado ou com vazamentos, que normalmente são imperceptíveis, é o grande vilão do desperdício;
- Nas áreas externas e jardins, regue as plantas com balde ou regador, regue o jardim logo ao entardecer ou à noite, para evitar perda por evaporação;
- Não lave o carro com mangueira, use balde, limpe a calçada com vassoura e evite o uso de mangueiras.


Vejam abaixo o consumo médio de água utilizada para realizar algumas atividades do nosso cotidiano:

- escovar os dentes com a torneira aberta por 5 minutos, o gasto de água é de 24 litros por dia;
- lavar o carro utilizando mangueira por 30 minutos, o gasto de água é de 560 litros. Utilizando o balde o gasto é de 40 litros;
- tomar banho com chuveiro elétrico por 5 minutos gasta 30 litros de água por dia e banho com duração de 15 minutos gasta 90 litros de água por dia.


Assessoria de Imprensa da APECS – Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente
Ex-Libris Comunicação Integrada – 3266-6088
Edmir Nogueira - r. 207 / 98937-3503 – edmir@libris.com.br
Marco Berringer – r.223 / 97682-4686– marcopaulo@libris.com.br
Ana Carolina Esmeraldo – 224 / 97682-4686 – anacarolina@libris.com.br
Carla Italia – r. 222 / carla@libris.com.br

 

Informações Clipping

 

Confira o clipping das notícias da Apecs.

Basta digitar www.mjournal.net.br/apecs 

 

Contato

Rua Rego Freitas,289- 6º Andar Sala 61 Vila Buarque CEP:01220-010:
apecs@apecs.com.br
  +11 3221 5554
  +11 3333 4327
  São Paulo - SP