“Crise reforça necessidade de educação ambiental”, aponta Apecs

Confira também abaixo as dicas para economia de água

“A educação ambiental, tanto nas escolas públicas como particulares, deve ser obrigatória e desta forma conscientizar as novas gerações da necessidade de preservar os recursos naturais”, aponta Luiz Roberto Gravina Pladevall, presidente da Apecs (Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente).

Segundo ele, as gerações que estão na escola têm a possibilidade de melhorar a relação com o meio ambiente, aprendendo a destinar corretamente os resíduos, utilizar de forma adequada os recursos hídricos e a conhecer melhor os impactos que as ações dos homens causam à natureza. “Um novo enfoque pode criar, dentro de 20 anos, uma geração muito mais consciente”, prevê Pladevall.

Diante da atual crise hídrica, as pessoas devem mudar profundamente o comportamento para enfrentar os desafios que ainda vamos enfrentar. “Já estamos no período das chuvas e temos os menores registros históricos de pluviometria. A situação está pior do que foi previsto. Agora, é economizar gota a gota para evitar o caos. A própria Sabesp alertou para a possibilidade de se fazer rodízio na Capital, com até cinco dias da semana sem água”, aponta o presidente da instituição.

Para conseguir economizar água, as famílias precisam adotar todas as medidas possíveis.

A seguir, confira outras dicas do presidente da Apecs para economizar água:

- Evite deixar torneiras pingando ou abertas e mangueiras esguichando. Estima-se que uma torneira mal fechada gasta a seguinte quantidade de água:
1) Gotejamento lento: 300 litros de água por mês;
2) Gotejamento rápido: 900 litros de água por mês;
- Conserte vazamentos o quanto antes, verificando sempre os encanamentos, boia do reservatório e pontos de consumo, como torneiras e válvulas de descarga;
- No banheiro, feche a torneira enquanto escovar os dentes ou fazer a barba. Não tome banhos demorados e feche o registro ao ensaboar-se;
- Faça manutenção periódica das válvulas de descarga. Este dispositivo mal regulado ou com vazamentos - normalmente imperceptíveis - é o grande vilão do desperdício;
- Nas áreas externas e jardins, regue as plantas com balde ou regador. E de preferência por regar o jardim logo ao entardecer ou à noite, para evitar perda por evaporação;
- Não lave o carro com mangueira; use balde;
- Limpe a calçada com vassoura e evite também o uso de mangueiras;
- Feche a torneira do tanque enquanto ensaboa a roupa e aproveite a água do enxágue para lavar o quintal;
- Antes de lavar a louça, limpe os restos de comidas e jogue-os no lixo;
- Feche a torneira enquanto ensaboa pratos e panelas. Ela só deve ser aberta na hora de enxaguar;
- Lave frutas e verduras em uma bacia para remover as sujeiras e use uma escova vegetal para facilitar o trabalho.

Veja abaixo o consumo médio de água utilizada para realizar algumas atividades do nosso cotidiano:
- na escovação de dentes com a torneira aberta por 5 minutos, consome-se 24 litros de água por dia;
- na lavagem do carro utilizando mangueira por 30 minutos, o gasto de água é de 560 litros. Utilizando-se o balde, o gasto cai para 40 litros;
- banho com chuveiro elétrico por 5 minutos consome 30 litros de água por dia; banho com duração de 15 minutos consome 90 litros de água por dia.

Informações Clipping

 

Confira o clipping das notícias da Apecs.

Basta digitar www.mjornal.net.br/apecs 

 

Contato

Rua Rego Freitas,289- 6º Andar Sala 61 Vila Buarque CEP:01220-010:
apecs@apecs.com.br
  +11 3221 5554
  +11 3333 4327
  São Paulo - SP